Facilidades do streaming. Créditos: Adobe Stock.
|

O que significa streaming e como funciona essa tecnologia?

Os serviços de streaming são aqueles que possibilitam a transmissão de conteúdos pela internet, sem necessariamente o usuário ter que fazer o download do conteúdo  para ter o acesso, e para isso não importa o seu formato. Os únicos pré-requisitos para o consumo são uma internet de qualidade e dispositivo com conexão à rede.

O significado da palavra streaming traduzido do inglês por partes, começa com a palavra: stream, que significa córrego ou riacho, e por isso a palavra streaming remete a fluxo. Colocando esse conceito em termos de tecnologia, temos então  um significado intuitivo  que pode ser entendido como “fluxo de dados”.

Para entendermos melhor como funciona a tecnologia de streaming, precisamos ir à origem do consumo de mídias. Antigamente todo conteúdo fosse consumido pela internet deveria ser baixado e reproduzido em outro veículo, podendo levar horas e dias para chegar até o espectador final.  Dito isso podemos afirmar com certeza: as plataformas de streaming chegaram para revolucionar nosso jeito de consumir mídia! 

Mas então como funciona o streaming?

Hoje, a tecnologia de streaming nos possibilita vivenciar um download paralelo à visualização, ou seja, não é necessário que o  conteúdo esteja armazenado para que você consiga aproveitá-lo. Essa praticidade proporcionada pelo streaming multiplataforma, aliada às mudanças na nossa rotina ocorridas pela integralização da tecnologia ao nosso dia a dia, tem causado um impacto gigantesco no modo de consumir conteúdos online.

O processo por inteiro revolucionou a jornada de consumo e desencadeou várias mudanças culturais que são nítidas nos últimos anos.  Mudanças essas que norteiam de preferências do consumidor na hora de escolher conteúdos, até o mercado de trabalho, que  abriu portas para quem quer trabalhar e se profissionalizar no mercado de vídeos online. 

Este mercado também influenciou uma geração por completo. Nunca mais conseguiremos voltar ao patamar anterior às plataformas de streaming. A prova disso são os grandes players do mercado, Netflix, Spotify, Deezer, Amazon Prime Video e Youtube. O mercado de streaming tem previsão de crescimento constante e espera-se que este mercado tenha o valor de  US$ 330 bilhões até 2030 , segundo uma pesquisa de 2022 do cloudwards. 

Quais são os exemplos de streaming mais comuns?

O serviço de streaming de vídeo  pode se apresentar em vários formatos, apesar de  o mercado estar focado principalmente em conteúdos de áudio e vídeo, a tecnologia de streaming  possibilita também explorar  arquivos de textos e até jogos.  Uma infinidade de possibilidades, que podem ser direcionadas de acordo com a necessidade de cada consumidor. 

Um exemplo bem comum, e provavelmente surpreendente: você já se deparou com aquela live no Instagram aleatória de algum influencer? Ou show com transmissão  ao vivo, ou já acompanhou um congresso em tempo real? Isso também é streaming! O que muda é que esse é o modelo de streaming ao vivo, chamado de Live streaming. 

As transmissões ao vivo também se incluem como exemplos de streaming,e em paralelo temos o que é chamado o conteúdo on demand. É nessa categoria que se populariza  o streaming de plataformas. Materiais gravados disponibilizados por meio da tecnologia de streaming , aqui grandes empresas como a Netflix, Amazon Prime, Disney Plus, Spotify são exemplos populares perfeitos para ilustrar a categoria on demand. 

É na disponibilização de conteúdos gravados que vemos na prática o que acontece por trás de toda essa explicação técnica. Os dados são armazenados temporariamente no seu servidor para a visualização simultânea, que basicamente funciona para que você consiga ver o conteúdo antes mesmo do download ser concluído. 

Quem pode fazer uso do streaming?

Quando falamos de serviços de streaming  é importante lembrar que atualmente qualquer pessoa ou  empresa pode se aventurar nesse mercado, inclusive, fazer negócios vantajosos com ele.

Estamos falando também de pequenos empreendedores, o streaming não se restringe apenas a grandes empresas ou grandes personalidades. Infoprodutores tem muitas oportunidades nesse mercado, monetizar e oferecer conteúdos em live streaming e/ou on demand, como webinars e cursos online pode ser um grande negócio!

Outra aplicação bem interessante no ramo corporativo é usar a tecnologia das plataformas de streaming para aplicação interna. O streaming para empresas pode ser muito vantajoso. Aqui exemplificamos essa possibilidade do streaming para empresas por meio do onboarding, dos treinamentos, e também podemos considerar até para lançamentos internos de produtos ou serviços. 

Pessoas navegando em uma plataforma de streaming. Créditos: Adobe Stock.

Como extrair o melhor dessa tecnologia a seu favor?

Para qualquer que seja seu propósito, palestra, programa, treinamento, show, o serviço de streaming exige uma plataforma de distribuição estável e de qualidade.

Para todos os tipos de conteúdo sejam eles on demand ou live é fundamental que a empresa opte por uma rede de distribuição que garanta uma boa experiência para o usuário, especialmente no que diz respeito a travamentos, quedas na transmissão e qualidade de áudio e vídeo.

A ZoeWeb é uma empresa especializada na tecnologia de Streaming, está nesse ramo há mais de 17 anos. Se você quer uma dica de como começar a usufruir desse mercado leia nosso blog! Aqui trazemos todos os insights e tendências sobre tudo o que envolve o mercado de vídeos online! Ficou interessado e quer tirar algumas dúvidas? Entre em contato conosco

Artigos similares